Poesias

AS QUATRO ESTAÇÕES

OUTONO.
Assim era minha vida, antes de te conhecer.
Eu sentia que não estava vivendo e sim, sobrevivendo,
pois como as árvores no outono,
eu sentia que logo brotariam as folhas e flores
e o sol brilharia em minha vida, mas eu não sabia
que chegarias em minha vida.
Te conheci, e o VERÃO veio.
O sol brilhou, as folhas nasceram
e com elas as flores e me senti viva ao teu lado.
Com teu amor, eu me sentia acalentada, me sentia viva, feliz.
Tu eras o sol na minha vida e eu jamais
pensei que haveria inverno em nosso amor.
Tu morreste e o INVERNO veio.
Frio.
Gelado.
Deixando-me quase sem vida.
Eu não sentia mais o calor, pois tu eras o sol em minha vida.
Meus dias hoje são longos e as noites frias.
Sinto saudade de ti, do teu corpo, do teu calor.
Mas porem, sei que quando eu morrer, chegarei a ti,
onde estás, onde tudo são flores.
Então me encontrarei contigo num lugar onde não há sombras,
nem frio, nem noite.
Onde o sol brilha para sempre.
E sei que estás me esperando.
Nos encontraremos e viveremos para sempre na
PRIMAVERA.

Neida Rocha
22/06/2017

 

 

Todos os direitos reservados a Neida Rocha. Os textos podem ser copiados, desde que citado o nome da autora

site desenvolvido pela wwsites - sites para escritores